Ação Pública e Cultura

Apresentação:

Nos últimos anos, iniciativas como o Prêmio Gestão Pública e Cidadania, desenvolvido entre 1996 e 2005 pelo Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getulio Vargas, com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e da Fundação Ford, e o Prêmio Cultura Viva, desenvolvido entre 2005 e 2010 pelo Ministério da Cultura e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária com patrocínio da PETROBRÁS, tiveram como grande contribuição iluminar e disseminar experiências em gestão pública inovadoras e com promoção de cidadania, algumas delas associadas ao tema da cultura. Entretanto, já passados entre cinco e quinze anos do registro dessas experiências, pouco foi produzido como acompanhamento de seus avanços e desafios. Este projeto de pesquisa buscou estudar duas experiências de municípios paulistas reconhecidas pelo Prêmio Gestão Pública e Cidadania: os Barracões Culturais da Cidadania de Itapecerica da Serra (SP) e o Projeto Oficina-Escola de Artes e Ofícios de Santana de Parnaíba (SP). Com isso, pretende-se contribuir para os estudos sobre gestão pública e cultura, cuja produção esteve centrada nos últimos anos na análise de experiências do governo federal (RUBIM, 2007; CALABRE, 2009), trazendo para o debate também as experiências de governos locais. Por de meio de visitas de campo realizadas ao longo do ano de 2014 com base na abordagem do pesquisador conversador no cotidiano (SPINK, 2008) do campo-tema (SPINK, 2003), procuramos responder à seguinte pergunta de pesquisa: como estão as ações locais inovadoras de gestão pública em cultura no estado de São Paulo após seu reconhecimento em nível nacional? Os resultados sugerem que fatores como o contexto político local, as trajetórias dos gestores e técnicos envolvidos nas ações, as estruturas e recursos disponíveis, as lógicas de funcionamento dos programas, a presença de outras organizações não-governamentais relacionadas à experiência e a relação que elas desenvolvem com a comunidade na qual estão inseridas influenciam continuidades e descontinuidades das inovações em gestão pública.

 

Coordenador:

Lúcio Nagib Bittencourt  - CV Lattes

 

Equipe de pesquisadores:

Anny Karine de Medeiros - CV Lattes
Fernando Burgos - CV Lattes

Gabriela Toledo Silva - CV Lattes
Mário Aquino Alves - CV Lattes

 

Produções bibliográficas dos pesquisadores relacionadas ao tema:

BITTENCOURT, Lucio Nagib. As Organizações Sociais e as ações governamentais em cultura: ação e política pública no caso do Estado de São Paulo. Tese de Doutorado. Programa de Doutorado em Administração Pública e Governo. São Paulo: FGV-EAESP, 2014.

BURGOS, Fernando. Carnaval e Administração Pública: o Papel dos Governos Locais na Configuração das Festas. Textos Escolhidos de Cultura e Arte Populares (Online), v. 7, p. 61-74, 2010.